Departamento de Água e Esgoto de Marília

Tratamento


O processo de Tratamento das águas distribuidas através das E.T.A - Estações de Tratamento de Água - consiste em:

1. Aplicação de Sultafo de Alumínio
2. Coagulação e Floculação
3. Decantação
4. Filtração 
5. Aplicação de Flúor, Cloro e Correção de pH
6. Controle de Qualidade 
7. Laboratório de Bacteriologia
8. Coleta

Aplicação do Sulfato de Alumínio Aplicação do Sulfato de Alumínio Coagulação e Floculação Coagulação e FloculaçãoCoagulação e Floculação Decantação Decantação Aplicação do Fluor, Cloro e Correção do pHAplicação do Fluor, Cloro e Correção do pH Controle de Qualidade Laboratório de Bacteriologia Laboratório de BacteriologiaLaboratório de Bacteriologia Coleta Coleta Coleta

ETAPAS DO PROCESSO DE TRATAMENTO:

1. Aplicação de Sulfato de Alumínio
É iniciada na entrada da água que chega ao ETA, dando assim o início ao processo de tratamento.

2. Coagulação e Floculação
É a transformação das impurezas que se encontram em suspensão e dissolvidas em aglomerados gelatinosos que se reúnem produzindo flocos.

3. Decantação
Processo de deposição de matéria em suspensão pela ação da gravidade.

4. Filtração
É a passagem da água através de areia e seixos.

5. Aplicação do Fluor, Cloro e Correção do pH
Adequação final da água aos padrões de potabilidade.

6. Controle de Qualidade
O controle de qualidade da água produzida e distribuída é realizado através de análise bacteriológica, física e química.
   • Localidade de controle: Marília e Distritos. 
   • Ponto de amostragem: manancial, captação, tratamento, reservatório e rede de      distribuição.
   • Outros pontos de amostragem: Poços semi-artesianos, fontes e minas (DAEM)

7. Laboratório de Bacteriologia
Neste laboratório é executado análise de bactérias do grupo Coliformes Totais e Fecais. Técnicas utilizadas: Técnica de Tubos Múltiplos e Técnica do Substrato Definido (processo enzimático).

8. Coleta
Trabalho realizado nas residências e comércio, para verificar a qualidade da água que é servido a nossa população. Verifica-se o pH, temperatura e leva amostra para análise no laboratório.

Números médio de análises mensais: 500

Números médio de Análises Físico-Química: 2000

N° médio de Análise Físico-Química no controle operacional: 560 mensal/ETA

 


Marília, Segunda-Feira, 11 de Dezembro de 2017